Banco de informações > Himenolepíase

 

Himenolepíase

Hymenolepis diminuta é helminto cestóide conhecido como "tênia do rato”, infecta comumente roedora e sua forma adulta medem de 10 a 60 cm.

Em regiões de clima temperado a incidência de infecção é maior em crianças e em grupos fechados. Ocorre com maior freqüência no sul dos Estados Unidos e América Latina; é comum também na Austrália, países do Mediterrâneo, Oriente Médio e Índia.

Formas de Contaminação
Os ovos se desenvolvem no intestino de artrópodes, principalmente pulgas, os artrópodes são ingeridos pelos ratos e acidentalmente pelo homem. Pode ocorrer também através da mão contaminada pelas fezes (transmissão pessoa-a-pessoa). Os insetos, carunchos de cereais infectados podem ser ingeridos acidentalmente, resultando na transmissão do agente. Os seres humanos são o reservatório comum da doença e possivelmente os ratos.

Sintomatologia
O início dos sintomas é variável, porém o desenvolvimento da tênia adulta leva cerca de duas semanas. As infecções leves podem ser assintomáticas. Se a infecção for severa pode causar enterites como diarréia, dor abdominal e outros sintomas, como palidez, perda de peso e debilidade.

Profilaxia - Medidas Preventivas
As medidas de prevenção incluem a proteção dos alimentos contra ratos e insetos e o cozimento adequado dos alimentos.

Bibliografia
www.cve.saude.sp.gov.br/htm/hidrica/Himeno.htm
www.geocities.com/HotSprings/4234/vermes.html